quinta-feira, junho 08, 2017

... A PERDER DE VISTA ...


10 comentários:

  1. Ai, como eu gostava... :-D
    De estar num lugar assim... mas ainda fico a respirar os ares do campo, mais uns dois mesitos...
    Uma panorâmica brutal... de boa!
    Adorei a foto! A presença humana... dá-nos uma noção perfeita, da sua verdadeira dimensão... :-)
    Beijinhos! Bom ter-te de volta, por aqui...
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Ana, um beijinho e bom fim de semana.

      Eliminar
  2. Toda esta erosão na rocha patenteia muito da história da Terra.
    Como o Homem é pequeno !

    Também não estou a ver onde é...
    ( Talvez na Costa Vicentina...).

    Excelente imagem,sobretudo no que à zona rochosa diz respeito.

    Abraço amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado João, esta zona da nossa costa é em Peniche mesmo a chegar ao Cabo Carvoeiro.

      Eliminar
  3. Este mar decorado com estas rochas fascinam-me. Peniche, como só tu sabes fotografar!

    Beijos Zé Carlos

    ResponderEliminar
  4. E as sereias? Não existem sereias a tomar banhos de sol nessas pedras? Se não existe, então a praia não presta! Ou será que o Zekarlos arrematou para si as sereias todas?
    :-D

    Acho que nem é preciso falar da fotografia. A qualidade alta de sempre. Onde tudo está em perfeita harmonia.

    ResponderEliminar
  5. Remus, na realidade só encontrei um sereio e deixei-o ficar por lá mesmo. Abraço

    ResponderEliminar
  6. Gosto deste imenso desenho de pedra em fundo de mar e céu. Aquela criatura minúscula acrescenta o necessário contraponto a uma imagem onde tudo é grande e "em grande"!

    ResponderEliminar
  7. Pena que já ali tenha havido uma derrocada na rocha.
    A figura humana tão mínima em contraste com a grandiosidade da terra e do mar - on the spot!

    ResponderEliminar